quinta-feira, maio 26, 2011

CÓDIGO ÉTICO EM DISCUSSÃO NO PORTIMONENSE

Ética (ou a falta dela) foi a razão da mais recente troca de opiniões no "Portimonense 1914". É meu entender que nenhum dirigente do Portimonense em plenas funções deverá participar em acções promocionais de outros clubes, ou manifestar por estes qualquer tipo de fervor em espaço público, enquanto representante oficial do Portimonense durante os anos de mandato.

Julguei eu que esta questão era óbvia para todos. Pelos vistos enganei-me e acredito que exista uma lacuna que terá de ser preenchida. Se o bom senso para entender esta matéria não chega, então tratemos imediatamente de regular a questão ética, entre sócios.

Em público, o Portimonense não pode ser apenas o segundo clube de um Dirigente, pessoa a quem se exige O EXEMPLO.
Em público, o Portimonense terá que ser apresentado como O CLUBE do Dirigente que, não estando pronto para assumir este ponto de Honra, não estará também preparado para ser voz oficial. 

Falamos tantas vezes de bi-clubismo, criticando-o. Falamos também da falta de identificação das gentes de Portimão com o clube da terra. Mas esquecemo-nos que o exemplo tem de partir de cima, e tal não aconteceu - como ficou comprovado.

Desta forma, irei eu próprio apresentar assim que possível, em Assembleia Geral, um documento consensual cuja finalidade será preencher esta lacuna, que será sujeito a apreciação de todos os sócios, para aprovação ou reprovação.

O objectivo é que toda e qualquer Direcção sirva UNICAMENTE o Portimonense, abdicando de cargos directivos noutros clubes (ou associações relacionadas, como as "Casas"). Em casos de bi-clubismo exige-se também ao Dirigente contenção em todos os espaços sociais, abdicando de (maus) exemplos tão simples como a imagem em anexo - mais uma situação que, em meu entender, não poderia acontecer. 

Sejamos honestos: na actual realidade do futebol, é impossível esconder que, venha quem vier, haverá sempre um "clube grande" associado a determinada Direcção. Porém, é possível evitar que essa simpatia se sobreponha em locais públicos ao próprio Portimonense, clube que os Dirigentes aceitaram representar de livre vontade, ainda que a "custo zero".

Num exemplo prático, julgo ser impossível imaginar o Relações Públicas do FC Porto como Presidente de uma qualquer Casa do Benfica, ou a declarar-se publicamente adepto deste último, talvez até a vender bilhetes para jogos do SLB.
Ora, é justo concluír que em Portimão, tal também não poderá acontecer por respeito a todos aqueles que vivem o clube a 100%.

9 comentários:

Anónimo disse...

muitos parabens pelo que li. tens o meu apoio.

Anónimo disse...

Simões vamos em frente com isto. Vamos obrigá-los a terem respeito pelo Portimonense. Podem ser do clube que quiserem mas é na casa deles. Eu assino.

Anónimo disse...

Nem direcção temos e estamos a discutir esta trampa...

Anónimo disse...

Que ridiculo! Estao a deixar "odios" pessoais tomarem conta da discussao.

Vergonhoso é os adeptos mais fervorosos, que se dizem portimonenses 100% irem com camisolas e cachecois de outros clubes assitirem a jogos do Portimonense. Isso sim devia ser proibido! Nao vi o Sr. Nuno Silva com cachecol do Porto, por exemplo. Mas vi membros da CLAQUE com cachecois do benfica. Isso sim e vergonhoso! Agora o que certo director tem na sua Pagina do Facebook, que é PRIVADA !?! A seguir vao querer ir a casa dele ver se tem cachecois?! E isto aplica-se aos outros clubes tambem, e transversal.

E o facto de a equipa ser inscrita, disso ninguem fala?! curioso ...

Anónimo disse...

Hey calminha com o que dizes anónimo das 17:06. Esse "elemento" da claque que vista com cachecol do Benfica, NUNCA foi NEM é elemento activo da nossa claque!

Pedro disse...

Anónimo das 17h06:

Não digas que viste membros da claque porque estás a fugir à verdade.

Podes falar que viste um membro da claque com um cachecol do benfica no jogo com o porto. E mesmo assim nem podes dizer que é um membro, pois é um individuo que se juntou a nós pela primeira vez na época e logo para ter esse acto infeliz.

E já agora, para não ficares com a ideia de que foi algo aceite e unânime entre os elementos do grupo, esse individuo teve o cachecol escondido (de toda a gente) durante, praticamente, todo o jogo. A excepção foi o momento em que marcamos o golo do empate (2-2), mas posso garantir-te que na altura foi prontamente reprimido por elementos do grupo.

Compreendo que seja difícil, mas para a próxima agradecia que controlasses essa tentação de nos atacar deliberadamente. Tens, por exemplo, o site da claque onde está o nosso contacto (e-mail) e tenho a certeza que te teriamos esclarecido sobre o assunto prontamente.

Pedro Marreiros

P. disse...

Pedro,

Conheço esta táctica há muito anos. Quem escreveu aquele comentário pretende desviar as atenções do tema do post para que se discuta outra coisa completamente diferente.

A mim também me viram algures com uma camisola do Sporting. E agora já corrigiram, dizendo que não viram, que afinal sou é do Benfica. Se calhar amanhã já serei do Porto e no dia seguinte do Rio Ave.

Um abraço.

Anónimo disse...

Não quero desviar as atenções do post, nem de perto nem de longe. Estou de acordo quanto a directores do Portimonense não poderem acumular direcção de outras representações de outros clubes. Completamente de acordo. Agora, quererem proibir que tenham na sua página do Facebook, que repito É PRIVADA, que gostam de um determinado clube? Acho pura demagogia e simplesmente exagerado.

Sou sim, da opinião, mas é a minha opinião e vale o que vale, que deveria ser COMPLETAMENTE PROIBIDO a entrada de sócios do Portimonense no Estádio do Portimonense com camisolas/cachecois de outras equipas! Como já vi acontecer inumeras vezes!


Quanto ao tal membro da claque, que uns dizem que é membro, outros dizem que não, e eu muito sinceramente não sei se é ou não, mas estava lá no meio! (pelas palavras do Pedro é um membro, o outro anónimo diz que não é membro activo, não interessa!)

Deveria ser proibido! E quem diz na claque diz na bancada central! Boa sorte a tentarem propor isto!

Todos se dizem Portimonenses a 100% mas muitos esquecem-se disso quando o PSC joga com o outro clube do seu coração.

Se todos os que vêm aqui por-se em bicos de pés e gratuitamente criticar, muitas vezes sem razão a direcção, seja ela qual for, se todos fossem pagar as cotas o clube nao estaria tao mal. Se todos convencessem os amigos a tornarem-se sócios do portimonense se calhar nao estavamos tao mal ... mas e a minha opiniao!

Pedro disse...

Anónimo, não é que eu te deva explicações mas só para acabar com as suspeições ainda vou deixar o assunto mais bem esclarecido.

Essa pessoa que viste com o cachecol do benfica, foi alguém que o ano passado pensou em juntar-se ao grupo e esteve presente em 1 ou 2 jogos (não esteve seguramente em mais). Desde então, nunca mais foi visto na nossa bancada até esse jogo com o porto.

Agora pergunto-te, isso para ti é ser membro do grupo? É que não sei se já reparaste, mas fisicamente não há nada que impeça outra pessoa de se juntar a nós na bancada.

Mais uma vez garanto-te que, se estivesses melhor informado saberias com certeza qual a política da claque em relação à utilização de adereços de outros clubes. Mas isso podes perguntar a um MEMBRO qualquer. Tenho a certeza que esse membro terá todo o gosto em explicar-te.

Posto isto, espero não perder mais tempo com um anónimo.

Pedro Marreiros