domingo, abril 10, 2011

RECORDAÇÕES DA NOITE DE JOSÉ GUIMARO E PINTO DA COSTA (COM AUTÓGRAFOS)

RECUÁMOS 20 ANOS E ENCONTRÁMOS TESTEMUNHO HISTÓRICO DO ÚLTIMO GRANDE EM PORTIMÃO! RECORDA-SE?

A participação do Portimonense na 3ª Fase da Carlsberg Cup vai trazer a Portimão um dos "grandes" pela primeira vez em quase 20 anos. Investigação do "Portimonense 1914" no Livro do Clube encontrou uma particularidade no último jogo oficial disputado por um "grande" no nosso Estádio. Ora veja se se recorda...

Foi precisamente o Portimonense - F.C. Porto, arbitrado por José Guímaro (posteriormente preso por corrupção) que terminou com desacatos à frente do portão principal onde estava estacionado o autocarro dos nossos adversários. Num aceno final de despedida perante uma multidão em fúria, Jorge Nuno Pinto da Costa foi atingido por uma pedra que causou ferimentos graves, embora não impeditivos de surgir no dia seguinte no programa "Domingo Desportivo" com um penso na cabeça.

Assisti a esse jogo, presenciei muito do que aconteceu e apenas poderei dizer que foi, realmente, um jogo muito polémico. Inclusivamente com um golo da vitória marcado em offside por Rui Águas que, curiosamente, poucos anos antes era ídolo... em Portimão.

Nesse jogo disputado a 24 de Fevereiro de 1990, o Portimonense era orientado por Quinito e alinhou da seguinte forma:

Figueiredo; Chico Zé, Floris, Major (Palecas, 80´), Justiniano; Bezinsky, José Pedro, Skoda, Voinov; Guetov e Luciano.

Resultado final: 0-1 (Rui Águas, 68´)

Tenho para vos apresentar um testemunho histórico dessa noite. À porta do antigamente denominado "Estádio do Portimonense" recolhi autógrafos de vários jogadores do Porto antes de subirem para o autocarro, parado algures entre a porta do Estádio e do Estabelecimento Prisional. Hoje, sinceramente, apenas reconheço a assinatura do internacional brasileiro Branco e do mítico lateral João Pinto. Demol (internacional pela Bélgica) também me deu a sua assinatura, que será uma das visíveis abaixo. Das restantes pouco me recordo.

Foi poucos minutos após a obtenção dos autógrafos visíveis abaixo (fazem parte da minha colecção particular) que tudo aconteceu. Quase 20 anos após esta noite, que ficou para a história do Portimonense, um grande regressará ao nosso estádio para jogos oficiais.




CROQUI DO "ARREMESSO"

21 comentários:

Dário Guerreiro disse...

Tinha 8 meses quando isso aconteceu...


E recordo-me (muuuito) vagamente do sucedido... =P

Anónimo disse...

Deixa-me esclarecer um ponto: penso que o que acertou na cabeça do PC não foi uma pedra, mas sim uma lata de sumo que foi "gentilmente" atirada do autocarro dos tripeiros para os adepstos do PSC. Como pessoas educadas que somos, limitamo-nos a devolver a dita cuja... :)

JC

Pedro Simões disse...

JC,

Essa versão não corresponde ao que vi... e estive a menos de 10 metros do local, sempre em contacto visual.

Só lá estava o autocarro do Porto, parado na parte de fora do Estádio, mesmo junto ao portão principal.

Pinto da Costa surge, a pé, como último elemento da comitiva, rodeado por um grupo de polícias e só gritava "Já estive em muitos sítios e nunca vi nada assim... isto foi uma vergonha".

Sobe para o autocarro e, no primeiro degrau, em vez de subir vira-se para a mulltidão para acenar.

Vi claramente uma pedra a caír em cima da cabeça dele. Ainda hoje vejo o trajecto da pedra em camara lenta :)

Nas imediações daquele local, não existia visível nenhum autocarro de adeptos do FC Porto.

Foi um adepto do Portimonense

Um abraço

Anónimo disse...

Eu tinha 5 anos...e tenho pena de nao me lembrar...aposto que foi um momento marcante pa kem o presenciou....
Por isso gostava que viesse o porto e k o bimbo da costa voltasse cá...pa engolir as palavras que disse e mt mais.... apesar de nao ser a favor da violencia..existe alturas em que é merecido..e nessas sou a favor...por isso um bem haja ao "lançador"...!!


AL_meida BN*09

Anónimo disse...

Simões,

O que me contaram foi que quem atirou a dita lata, foi a alguém da comitiva do Porto e não adeptos.

Mas se tu viste ao vivo e a cores, saberás melhor o que efectivamente aconteceu, apesar de quem me contou esta versão, foi alguém que tb estava perto dos acontecimentos.

E sabias que no hospital, segundo consta o guarda Abel e outros elementos do Porto correram o pessaol todo à porrada, entre pessaol médico, bembeiros etc....

E que a ligadura que ligava a cabeça toda do PC cobria apenas alguns poucos pontos...Foi tudo uma fantochada.

Para a roubalheira que aconteceu, a pedrada até que foi coisa pouca.
Pq será que o Guimaro foi preso algum tempo depois?


JC

Pedro Simões disse...

Julgo que o mau estar que ainda existe deriva apenas de razões históricas. Muitas pessoas não presenciaram o que aconteceu, se calhar nem sequer tinham nascido.

À frente daquele portão estariam umas 200 pessoas (eu incluído). As restantes simplesmente ouviram falar e versões algo distorcidas.

Habituaram-se simplesmente a culpar o Porto por tudo o que mau aconteceu ao Portimonense nos últimos anos, quando tal não corresponde à verdade.

A noite passou, foi há 20 anos, e foi realmente muito feia. Em cima do relvado todos viram que o nosso clube foi bastante prejudicado e sou o primeiro a afirmá-lo.

Hoje o cenário é totalmente diferente e o Porto até tem sido cooperante com o Portimonense. Certo que nem todos os jogadores que nos empresta são mais valias... mas ninguém poderá dizer que existe qualquer clara intenção de prejudicar o Portimonense.

Da minha parte gostaria que esta noite tivesse passado à história. Para recordar como um even, sim, mas para não repetir.

Pedro Simões disse...

JC,

A pedra atingiu em cheio a cabeça do Pinto da Costa e lançada a distância considerável. Veio do lado da entrada/saída dos sócios em direcção ao portão principal. Ali não havia espaço para mais autocarros e só existiam pessoas.

Não acredito que tenha sido fantochada. Uma arremesso daqueles tinha q fazer danos.

Sobre o que aconteceu no hospital não sei.

E mais não posso dizer.

Pedro Simões disse...

Acrescentei um brilhante croqui ao post :)

Desenhado no paint, mas muito aproximado ao que aconteceu. Vejam lá se coincide com as versões das quais ouviram falar.

abraço

Dário Guerreiro disse...

HAHA...já não sou só eu que uso o paint como programa de referência... Realmente tá giro... =)

Dário Guerreiro disse...

E uma coisa dessas não foi filmada? Não consta no Youtube? Realmente os telemóveis com câmara já faziam falta há 20 anos...

Ruben disse...

Estou aqui em condições de revelar, que não foi a pedra que atingiu a cabeça de Pinto da Costa, mas sim o contrário.
O presidente do FêCêPê desfez à cabeçada uma pedra que lhe tinha sido enviada por correio aéreo, com todo o amor e carinho, por um fã.

Anónimo disse...

O que eu sei é que depois desse episodio o PSC ficou condenado a descida de divisão relembrada anos mais tarde por Carlos Secretário num jogo entre Campomaiorense e FC Porto em que depois de uma cena identica mas sem pedra no final do jogo este atirou com a seguinte frase:
´´lembram-se do que aconteceu ao Portimonense?`` dois ou tres anos mais tarde o Campomaiorense acabou com o futebol profissional...

Pedro Simões disse...

1ª Jornada
Portimonense 2 - beira Mar 2

2ª Jornada
Nacional 1 - Portimonense 1

4ª Jornada
Porto 4 - Portimonense 0

5ª Jornada
Chaves 4 - Portimonense 2

6ª Jornada
Portimonense 0 - Sporting 2

7ª Jornada
Benfica 5 - Portimonense 0

8ª Jornada
Portimonense 2 - Marítimo 2

9ª Jornada
Braga 3 - Portimonense 1

11ª Jornada
Tirsense 1 - Portimonense 0

12ª Jornada
Portimonense 0 - Boavista 2

... e continuava a apresentar séries de maus resultados da temporada 89-90, até à 21ª Jornada (jogo contra o Porto.)

Vejam bem os resultados da temporada e digam lá se o Porto tem alguma culpa das más prestações do Portimonense. Foi simplesmente uma má época desportiva. São os resultados que o dizem, muito antes do jogo do Porto ter acontecido.

Anónimo disse...

o senhor guimaro vei de encomenda para prejudicar o portimonense.o golo do porto epresedido de um corte com o braço do demol e a 2 minutes do fim o arbito nao marcou um penalti contra o porto uma falta do baia soubre o jose pedro.quem partio a cabeça do pinto foi o octavio com uma lata de sumo compal.

Anónimo disse...

Boas!

Recordo-me bem do que se passou.Na altura tinha 11 anos,o suficiente para me lembrar sem grandes fantasias dos acontecimentos.
Em primeiro da arbitragem do jogo,que foi vergonhosa.Cheguei a ver um lance em que um jogador do FCP corta uma bola para fora e caprichosamente bate no fiscal de linha(que estava fora do campo),continuando em jogo.O arbitro manda continuar como se não houvesse fora!!!
No final a revolta era total e centenas de adeptos reuniram-se fora do estádio á espera do arbitro.Mais até que Pinto da Costa.Aquando da saída deste,a multidão não se conteve e um adepto,(sei quem é perfeitamente)atirou uma pedra que lhe acertou.Depois a encenação das ligaduras foi ridícula.
Se PC depois terá dito do PSC o que se diz,já não sei.O que é certo é que até agora a "promessa" tem-se cumprido.
No entanto,considero que hoje e passado todo este tempo,já não se justifica tanto rancor.Na realidade se o PSC está mal é graças á má gestão e patifarias de muitos que só quiseram o clube para ganhar dinheiro.(vulgarmente conhecidos por chulos)

Abraços!

V.E.

Anónimo disse...

Nesse dia era malta de todo o algarve a puxar pelo potimonense, principalmente de Lagos e Silves.

Anónimo disse...

o portimonense é um 'clube' de fachada. basta olhar o vosso simbolo. onde eu já vi algo parecido? alegram.se por agredirem dirigentes adversários á pedrada..enquanto exultam as vitorias do clube do povo no proprio estadio. os bi-clubicos serão sempre infelizes..'clubes como o portimonense estão condenados ao fracasso. boa sorte na segunda divisão. mas não se preocupem sempre têm o exelebê na primeira

Anónimo disse...

Ontem 10/4 2011 estive vendo o jogo e quando os autocarros chegaram era mesmo pessoal do porto a fazer estragos no proprio autocarro do meu lugar de sócia vi foi uma vergonha mas como no algarve não há fruta só sol e medronho de monchique que é uma delicia somos pobres mas honestos força portimonenses que têm o PORTIMONENSE no corãção até doi não terem metido aqueles dois golos é a vida

Anónimo disse...

Simões, para que fique bem claro posso afiormar que eu (que nem a 10metros da porta do autocarro estava), vi claramente que o que atingiu o presidente PC foi uma lata (vazia) que havia sido atirada do autocarro, esse sim, que anteriormente havia sido apedrejado nos vidros laterais, traseiro e espelho retrovisor do lado da entrada. Em todo o caso, atenta a teatralidade do que pude ver no dia seguinte na televisão, pena foi que não lhe tenham acertado não com a lata, mas com um paralelipipedo dos grandes. Assim não havia dúvidas acerca da necessidade dum penso daquelas dimensões na cabeça e repunha-se a verdade, dentro do possível.

Anónimo disse...

Meus amigos ,andam muitos de vocês uns mais próximo outros a milhas,deixem acrescentar a quem á 1 da manhã andou á pancada com os porcos dos bimbos no antigo hospital por terem ofendido Dr. José Dias que a pedido de Manuel João se deslocou ao hospital,que nesse sábado 24 de Fevereiro de 1990,o pintainho vinha rodeado por,guarda Abel,Reinaldo Teles que ficou com fraturas nas costelas,e poucos policias o que se passou no autocarro que diga o Sr. Policia Luis Martins.Retirado da minha memória e talvez do maior arquivo sobre o PORTIMONENSE.

Anónimo disse...

MAIS FÀCIL_ pesquisem em jornal record Domingo 25 de Fevereiro ano 41 nº-4863,Diretor Rui Cartaxana.