terça-feira, março 15, 2011

FUTEBOL: MUITO MAIS QUE GOLOS

O futebol faz rodar milhões de euros em investimentos que, apesar da crise, não páram de crescer. Em cada fim-de-semana, mais do que jogar pelo prestígio, as equipas de futebol lutam por conseguirem acesso às grandes fontes de rendimento.

No caso de Portugal, o custo de uma eventual despromoção à Liga de Honra é avassalador, como comprovam os números abaixo. A Orangina, maior investidora na Liga de Honra, não chega a representar um total de 3 milhões de euros que, em comparação com Zon Multimédia (40 milhões) e Sagres (40 milhões) mostram bem a pequena fatia do bolo que sobra para as equipas do escalão secundário profissional.

Em caso de descida de divisão, os clubes que melhor resistem serão, à partida, os que apresentam contas consolidadas e orçamentos mais acessíveis.

4 comentários:

Bruno disse...

em qualquer dos casos com uma gestao rigorosa e aposta em valores certos tanto na formacao como nas contratacoes tem permitido a alguns clube evoluirem é preciso é rigor nas escolhas que se fazem

moce_d_c disse...

Já viram a política de preços praticada para este jogo contra o Guimarães? Sei que não é nada de novo, sei que um dia do clube visa "ajudar" o clube cobrando um bilhete aos sócios, mas quer dizer... Quem paga as quotas e é sócio tem de pagar 10 euros, malta que tem cartão jovem e que pouco ou nada terá feito pelo clube paga apenas 5. Uma coisa é incentivar os jovens a ir à bola, outra é criar esta diferença de preços! Assim mais compensa pagar 12 euros anuais ao IPJ para ter cartão jovem e usufruir destes preços que ser sócio do PSC pagando mais de 100!

Anónimo disse...

Parece-me que os responsáveis da liga estão a fazer um bom trabalho em relação ao finaciamento em publicidade. A Sagres aumentou e a Zon ainda apareceu a pagar o mesmo.

Só falta melhorar na liga de honra. Nós que por lá andamos tanto tempo, e que espero não voltarmos tão cedo, bem notámos.

Ruben disse...

Atenção que dividir o bolo assim é errado. A Orangina não é o único patrocinador da Liga de Honra. Mas pronto, o mais importante é que a disparidade de valores entre ligas é enorme. Mas também o é entre clubes "grandes" e restantes. Pouco há a fazer.