segunda-feira, março 24, 2014

Moreirense-Portimonense, 3-0: Novo líder mostra-se



O Moreirense recuperou a liderança da 2.ª Liga, ao receber e vencer este domingo o Portimonense por 3-0, em encontro da 35.ª jornada da prova. Pires, aos 31', Diogo Cunha, aos 50', e Arsénio, aos 63', foram os autores dos golos dos minhotos, que ainda tiraram partido de o ser adversário ter atuado com menos um elemento nos últimos 30 minutos.

Com este resultado, o Moreirense quebrou uma seca de vitórias em casa, uma vez que já não conseguia vencer (3-0 frente ao U. Madeira) na sua casa desde janeiro, na 25.ª jornada, e, depois de ter vencido, na Trofa, na última jornada por 7-1, este foi o primeiro teste caseiro de António Conceição, que substituiu o técnico Vítor Oliveira à jornada 33.

O Moreirense dominou sempre a partida e controlou o ritmo de jogo, apesar de pela frente estar também uma equipa organizada mas que mostrava muita dificuldade em transpor a barreira defensiva minhota. Pires abriu o marcador, aos 31 minutos, após assistência de Arsénio, tendo este mesmo jogador feito nova assistência para o segundo golo, da autoria de Diogo Cunha, aos 50.

Se o cenário, com uma desvantagem de dois golos, já estava complicado para o Portimonense, pior ficou com a expulsão de Vítor Moreno, aos 59 minutos, jogador que, no mesmo minuto, viu um amarelo e um vermelho direto por protestos. Aos 63 minutos, Arsénio carimbou uma grande exibição ao assinar o terceiro golo, aquele que deu a total e merecida tranquilidade ao Moreirense, que podia ter chegado ao quarto, não fosse um grande pontapé de Wagner, aos 66', ter embatido no poste.

Os algarvios só mesmo no fim da partida é que mostraram ter alguma ambição, quando Mazola atirou, aos 87 minutos, à trave, e, aos 90', contra o corpo de Marafona.

Jogo no Campo de Jogos Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos.
Moreirense - Portimonense, 3-0.
Ao intervalo: 1-0
Marcadores: 1-0, Pires, 31 minutos. 2-0, Diogo Cunha, 50'. 3-0, Arsénio, 63'.

Equipas:

Moreirense: Marafona, André Simões, Anilton, Ricardo Nascimento, Elízio, Filipe Melo, Diogo Cunha (Rui Miguel, 77'), Luís Aurélio (Idris, 54'), Arsénio (André Carvalhas, 69'), Wagner e Pires.
Suplentes: Ricardo Silva, Stéphane Madeira, André Carvalhas, Idris, Rui Miguel, Tiago Borges e Mendy. Treinador: António Conceição.

Portimonense: Márcio Ramos, Ricardo Pessoa, Lucas Possignolo, Rui Correia, Vítor Moreno, Diogo Melo (Semedo, 39'), Fernandinho (Zambujo, 46'), Wakaso, Fabrício (Juninho, 83'), Mazola e Dyego Sousa. Suplentes: Carlos Henriques, Ivo Nicolau, Hugo Gomes, Semedo, Juninho, Zambujo e Theo.
Treinador: Lázaro Oliveira.

Árbitro: Duarte Gomes (Lisboa).
Ação disciplinar: cartão amarelo para Lucas Possignolo (23'), Vítor Moreno (59'), Wakazo (70'), Wagner (74') e Filipe Melo (90'). Cartão vermelho para Vítor Moreno (59').

Assistência: Cerca de 2.000 espectadores.

2 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
_ disse...

A aquipa do PORTIMONENSE 1914 reserva o direito de eliminar o seu comentário, caso o considere fora do tema ou de alguma forma ofensivo. Contribua com uma opinião construtiva.